Alterada instrução normativa que trata sobre importações por encomenda e por conta e ordem de terceiros


17 abr 2020 - Comércio Exterior

Consulta de PIS e COFINS

Novo texto busca sanar dúvidas do público externo e deixar norma mais clara

A Receita Federal publicou ontem em edição extra do Diário Oficial da União a Instrução Normativa RFB Nº 1937/2020. A norma altera o texto da Instrução Normativa RFB nº 1861 de 2018, de maneira a deixá-lo mais claro e preciso, sem qualquer alteração material do disposto. A alteração ocorreu no parágrafo 3º do artigo 3º da IN 1861.

O novo texto prevê de forma expressa ser possível o encomendante predeterminado realizar pagamentos referente à revenda da mercadoria estrangeira ao importador por encomenda, seja total ou parcial, antes ou depois de qualquer etapa intermediária da operação, sem descaracterizar uma operação por encomenda.

Também foram suprimidos da IN 1.861 as alíneas “b” dos incisos II dos arts. 7º e 8º, que tratavam da obrigatoriedade do importador destacar na nota fiscal de saída o valor do ICMS recolhido. O ICMS incidente na importação é um recurso de competência dos Estados e do Distrito Federal.


Fonte: RFB