Fórum de Comércio Exterior de Serviços debate aumento da competitividade do setor

7 dez 2017 - Comércio Exterior

A Secretaria de Comércio e Serviços (SCS) do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), realizou, na última terça-feira (5), a V Reunião do Fórum de Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços. O encontro ocorreu na sede da CNC, em Brasília, e foi conduzido pelo secretário de Comércio e Serviços do MDIC, Marcelo Maia, e pelo vice-presidente da CNC, Adelmir Santana.

Durante a reunião, a SCS fez um balanço da articulação feita com o setor privado em 2017 O secretário Marcelo Maia destacou o envolvimento da Secretaria com os temas relativos ao e-commerce e ao aprofundamento das relações bilaterais com a China. A representante do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Vanessa Carvalho dos Santos, fez uma avaliação do avanço e consequências da digitalização da economia. Já o representante da Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior, João Augusto Baptista Neto, analisou o trabalho de coordenação que está sendo realizado pela Camex direcionado para o setor de serviços.

Para 2018, o Fórum pretende tornar-se um local estratégico para a interlocução entre Governo Federal e setor privado. Para isso, ampliará o seu escopo para abordar também os entraves domésticos que impactam a competividade externa do setor.

O evento contou com a participação de diversas entidades representativas do setor de serviços e de exportadores brasileiros e órgãos de Governo.

Fórum de Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços

Criado em 2015, o Fórum de Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços tem por objetivo de ser um espaço de debate e interlocução permanente entre a Secretaria de Comércio e Serviços e o setor brasileiro produtor e exportador de serviços e suas entidades representativas. O Fórum conta atualmente com a participação de 27 entidades do setor de serviços.

Fonte: MDIC

LegisWeb ® 2017 - Informação Rápida e Confiável - www.legisweb.com.br - saiba mais