SC ultrapassa os 85 milhões de NFe emitidas


26 out 2010 - ICMS, IPI, ISS e Outros

Filtro de Busca Avançada

Santa Catarina contabilizou esta semana 63.170 empresas credenciadas no Estado que já emitiram 86.184.719 milhões de Notas Fiscais eletrônicas (NFe) de 2007 até hoje.

Em outubro novos setores passaram a ser abrangidos pela NFe, e outros deverão ingressar em dezembro.

Os principais benefícios do uso da NF-e são economia de tempo e de papel, maior confiabilidade da informação, combate à sonegação fiscal e, conseqüentemente, maior arrecadação. Além disso, o sistema simplifica as obrigações acessórias dos contribuintes e permite o acompanhamento em tempo real das operações comerciais pelo Fisco.

Como funciona - A NF-e é um documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, que serve para documentar uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviços. Substitui a conhecida nota fiscal e dispensa a impressão prévia dos blocos em papel. Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente e pela recepção, pelo fisco, antes mesmo do transito da própria mercadoria.

- A declaração fiscal da operação comercial realizada entre duas empresas ocorre eletronicamente com o Sefaz Virtual;

- O sistema autoriza (ou rejeita, ou denega) a nota fiscal eletrônica em tempo real;

- O processo de emissão de documento fiscal torna-se totalmente eletrônico.

A médio prazo, o objetivo é promover a integração entre os fiscos federal, estaduais e, futuramente, municipais, por meio da padronização, racionalização e compartilhamento das informações contábeis e fiscais.

Em Santa Catarina - O portal da nota fiscal eletrônica pode ser acessado pelo site da Fazenda Estadual, clicando-se sobre o logotipo da NF-e, ou através do navegador no endereço: http://nfe.sef.sc.gov.br/ . A consulta pública de uma nota fiscal eletrônica autorizada em Santa Catarina poderá ser feita neste portal, digitando-se a chave de acesso da NF-e constante no respectivo Documento Auxiliar da NF-e (DANFE). Opcionalmente esta consulta poderá se dar pelo Portal Nacional da NF-e: http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal

O credenciamento em SC é exclusivo pela Internet.


Fonte: SEF-SC