Decreto nº 1.204 de 31/03/2008


 Publicado no DOE - SC em 31 mar 2008


Introduz as Alterações 1.585 a 1.592 no RICMS/01.


Conheça o LegisWeb

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso da competência privativa que lhe confere a Constituição do Estado, art. 71, I e III, e as disposições da Lei nº 10.297, de 26 de dezembro de 1996, art. 98,

D E C R E T A:

Art. 1º Ficam introduzidas no Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação do Estado de Santa Catarina - RICMS/SC, aprovado pelo Decreto nº 2.870, de 27 de agosto de 2001, as seguintes Alterações:

ALTERAÇÃO 1.585 - O art. 16 do Anexo 3, renumerando-se para § 1º o parágrafo único, fica acrescido do § 2º com a seguinte redação:

"Art. 16....................................................................

[...]

§ 2º Na hipótese de contribuinte enquadrado no Simples Nacional realizar operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária observar-se-á o seguinte:

I - o montante relativo à operação própria comporá a base de cálculo daquele regime;

II - para efeito de cálculo do imposto devido por substituição tributária, deverá ser considerada a operação própria como se tributada pelo regime de tributação aplicável aos demais contribuintes."

ALTERAÇÃO 1.586 - O título da Seção XVIII do Capítulo IV do Título II do Anexo 3 passa a vigorar com a seguinte redação:

"Seção XVIII

Das Operações com Peças, Componentes e Acessórios para Autopropulsados e para Outros Fins

(Protocolos ICMS 36/04, 89/07 e 03/08)"

ALTERAÇÃO 1.587 - O caput do art. 113 do Anexo 3 passa a vigorar com a seguinte redação:

"Art. 113. Nas operações internas e interestaduais destinadas a este Estado com peças, componentes, acessórios e demais produtos relacionados no Anexo 1, Seção XXXV, para utilização em autopropulsados e em outros fins, fica atribuída ao estabelecimento industrial fabricante ou ao importador a responsabilidade pelo recolhimento do imposto relativo às operações subseqüentes ou de entrada no estabelecimento destinatário para uso ou consumo."

ALTERAÇÃO 1.588 - O art. 113 do Anexo 3 fica acrescido do § 5º com a seguinte redação:

"Art. 113....................................................................

[...]

§ 5º Mediante regime especial concedido pelo Diretor de Administração Tributária, levando-se em consideração o volume de operações realizadas com destino a este Estado, a responsabilidade pela retenção e recolhimento do imposto na forma desta Seção poderá ser atribuída a contribuinte estabelecido em outra unidade da Federação, diverso daqueles indicados no caput."

ALTERAÇÃO 1.589 - O título da Seção XIX do Capítulo IV do Título II do Anexo 3 passa a vigorar com a seguinte redação:

"Seção XIX

Das Operações com Rações Tipo "pet" para Animais Domésticos

(Protocolos ICMS 26/07, 91/07 e 02/08)"

ALTERAÇÃO 1.590 - O caput do art. 117 do Anexo 3 passa a vigorar com a seguinte redação:

"Art. 117. Nas operações internas e interestaduais destinadas a este Estado com rações tipo "pet" para animais domésticos, classificadas na posição 2309 da NBM/SH-NCM, fica atribuída ao estabelecimento industrial fabricante ou ao importador a responsabilidade pelo recolhimento do imposto relativo às operações subseqüentes ou de entrada no estabelecimento destinatário para uso ou consumo."

ALTERAÇÃO 1.591 - O art. 124 do Anexo 3 fica acrescido de parágrafo único com a seguinte redação:

"Art. 124...................................................................

[...]

Parágrafo único. Mediante regime especial concedido pelo Diretor de Administração Tributária, a responsabilidade pela retenção e recolhimento do imposto na forma desta Seção poderá ser atribuída a estabelecimento localizado em território catarinense:

I - que exerça preponderantemente a atividade de distribuidor de medicamentos; ou

II - industrial que comercialize mercadoria de que trata esta Seção."

ALTERAÇÃO 1.592 - Ficam revogados:

I - o inciso III do art. 116;

II - o inciso III do art. 119-A;

III - o inciso III do art. 123-A; e

IV - o inciso III do art. 129.

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação, exceto quanto à alteração 1.585 que produz efeitos a partir de 1º de abril de 2008.

Florianópolis, 31 de março de 2008.

LUIZ HENRIQUE DA SILVEIRA

Ivo Carminati

Nestor Raupp