Justiça Eleitoral oferece diversas vantagens aos mesários

27 jul 2012 - Contabilidade / Societário

Muita gente não sabe, mas a Justiça Eleitoral oferece diversas vantagens para o cidadão que atua como mesário nas eleições. Qualquer pessoa que esteja com sua situação regular pode ser mesário e participar ativamente de uma eleição.

Os mesários auxiliam a Justiça Eleitoral para que as eleições sejam feitas de maneira transparente. Para o pleito deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) estima que cerca de 22 mil mesários trabalhem em todo o Estado.

Desta forma, além de exercer a cidadania, o mesário obtém alguns benefícios, como:

- ganhar dois dias de dispensa do serviço público ou privado por cada dia de serviço prestado à Justiça Eleitoral, sem prejuízo de salário ou qualquer outro benefício (art. 98 da Lei 9.504/1997);

- auxílio-alimentação no dia da eleição; o Presidente de Mesa recebe também uma ajuda de custo para o combustível;

- prioridade em desempate em concursos públicos, no âmbito dos TRE’s, desde que haja esta previsão no edital;

- aos universitários das faculdades conveniadas (Anhanguera Uniderp, UCDB, Faculdades Estácio de Sá, Unigran, Unaes, Funlec, Facsul, FCG), reconhecimento como atividade extracurricular a prestação de serviços à Justiça Eleitoral nas eleições, contabilizando em dobro as horas certificadas, por analogia ao art. 98 da Lei 9.504/97;

- Certificado de serviços prestados à Justiça Eleitoral.

Não podem ser mesários os candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau e os menores de 18 anos.

Aquele que tiver interesse em trabalhar como mesário e receber todas essas vantagens, pode aproveitar e se inscrever diretamente no Posto de Atendimento da Justiça Eleitoral, ou no portal do TRE-MS (www.tre-ms.jus.br), na seção Mesário Voluntário.

Fonte: TRE-MS

LegisWeb ® 2014 - Informação Rápida e Confiável - www.legisweb.com.br